Como otimizar a gestão de funcionários? Controle de ponto analógico vs digital.

Nova call to action

Realizar a gestão de funcionário de modo adequado é uma rotina diária dos Recursos Humanos (RH) de qualquer negócio, não é atoa que atualmente existem vários tipos de controle de ponto para auxiliar nesse processo. E hoje iremos falar sobre o ponto digital e suas vantagens no embate com o analógico.

Por conta da vasta evolução do mercado, na qual o RH se coloca em um lugar estratégico dentro da empresa, é preciso otimizar o trabalho desse setor.

Nesse cenário, o controle de ponto é um mecanismo de monitoramento dos contratados requerido pela lei e é usado para realizar cálculos de salários, faltas, bancos de horas e muito mais.

Ficou curioso para saber como otimizar a gestão de seus funcionários utilizando o ponto digital? Continue lendo este artigo que preparamos especialmente para você!

Controle de ponto: o que é?

O controle de ponto é um sistema que executa a marcação de apontamentos da jornada diária de trabalho de um funcionário. Essa ferramenta recebe os dados iniciais para a criação do registro de ponto, folha de ponto e logo depois, a folha de pagamento.

O que a legislação fala sobre o uso de controle de ponto?

Segundo as leis trabalhistas, somente companhias com mais de 20 empregados devidamente registrados devem, obrigatoriamente, efetuar o acompanhamento da jornada de serviço.

Desse modo, para que o sistema de registro de ponto seja aceito, a própria lei também estabelece exigências específicas para que tais modelos de ferramenta possam estar de acordo com a legalidade.

Controle de ponto analógico vs digital

Atualmente, os tipos de controle de jornada de trabalho podem ser fragmentados em quatro modelos, diferenciados propositalmente pela tecnologia utilizada. São eles:

  • Manual;
  • Mecânico;
  • Eletrônico;
  • Digital.

No entanto, neste artigo abordaremos apenas os modelos analógicos e digitais, com suas vantagens e desvantagens.

Ponto analógico

Conhecido também como ponto cartográfico ou mecânico, o ponto analógico realiza a marcação por meio de um cartão de papel, em um método consideravelmente trabalhoso e totalmente passível de erros humanos.

Assim, cada funcionário possui o seu cartão e fica encarregado por colocá-lo no equipamento nos períodos de entrada e saída da instituição.

Dessa forma, o próprio equipamento efetua a impressão dos controles de data e hora no cartão do contratado, tradicionalmente em duas cores distintas: uma para os registros no horário certo e outra para atrasos.

Vale lembrar que este modelo é mais indicado para micro e pequenas empresas, que possuam poucos colaboradores, visto que a demanda por substituição dos cartões é bem grande, assim como a manutenção do equipamento.

Vantagens do ponto analógico:

  • Consideravelmente mais barato que o digital.

Desvantagens do ponto analógico:

  • Custos frequentes com cartões de ponto e principalmente tempo de serviço do RH para digitalizar todos os dados de cada colaborador;
  • Demanda de um lugar para guardar em segurança os cartões de ponto;
  • Processo que exige mais tempo do funcionário;
  • É passível de erro humano.
Nova call to action

Ponto digital

O ponto digital é um modo de trazer modernidade no sistema de controle de ponto e sustentar a veracidade dos dados registrados, principalmente por conta da ascensão dos trabalhos em home office.

Sendo assim, pontos digitais, como o Genyo, possuem diversas funcionalidades, mas a forma como o registro é realizado faz toda a diferença.

Além disso, esse software ostenta maior flexibilidade e, por conta do avanço tecnológico e do aparecimento de soluções que propõem-se simplificar as rotinas do RH, pode ser utilizado em aparelhos móveis.

Quando usado em smartphones, tablets, computadores e dentre outros, a tecnologia do ponto digital possibilita que o gestor acompanhe a jornada do seu funcionário em tempo real.

Vantagens do ponto digital do Genyo

  • Economia de dinheiro, pois não será preciso gastar com relógio de ponto e nem com a manutenção de equipamentos;
  • Maior segurança ao armazenar dados dos funcionários na nuvem;
  • Economia de tempo do RH, pois todo o cálculo de horas extras, férias ou fechamento de ponto é feito em poucos processos;
  • Controle de ponto online e offline;
  • Lembrete de ponto;
  • Ponto com foto;
  • Ponto com localização;
  • Cadastramento de endereço dos locais ideais e seguros para o colaborador bater o ponto;
  • Registro de pontos em apenas aparelhos autorizados pela sua empresa;
  • Ponto com QR Code;
  • Assinatura eletrônica;
  • Chat com todos da empresa;
  • Advertência eletrônica;
  • E dentre muitas outras funcionalidades.

3 motivos para utilizar controle de ponto digital

Calcular corretamente as horas de trabalho

Como citamos anteriormente, ao utilizar o modelo analógico corre-se o risco de erros humanos, e isso pode gerar problemas dentro da empresa. Sendo assim, a melhor opção é recorrer ao controle de ponto digital.

Cumprir a lei trabalhista

A lei trabalhista decretou o ponto digital, que é assegurado pela Portaria 671. Com a publicação da mesma, é aceito realizar o registro de ponto utilizando meios digitais sem a necessidade de um acordo coletivo. 

Proteger a empresa contra processos trabalhistas

Vamos imaginar um funcionário que resolveu processar a companhia por não pagar corretamente as horas extras. Isso pode se tornar uma verdadeira “dor de cabeça”, principalmente se o contratado em questão não fizer mais parte do quadro de funcionários.

Então, comprovar isso ao utilizar o ponto analógico pode ser um problema gigantesco, visto que não tem uma validade efetiva. Com isso, mais uma vez o ponto digital é a escolha perfeita para o seu negócio.

O ponto digital é essencial nos dias de hoje

Controlar a gestão dos funcionários é bastante delicado e algo requisitado por lei. Se a empresa usa um controle de ponto manual ou relógio de ponto, provavelmente o setor de RH terá muitas dificuldades.

Diante disso, trouxemos detalhes de como funciona o ponto digital, o melhor modelo e como utilizá-lo para otimizar o funcionamento da empresa. Se você gostou desse texto e quer ficar por dentro de outros temas similares a este. Basta acessar o nosso blog!

Nova call to action
Por Rafael Oliveira da Genyo em 30/06/2023