Análise Pestel: o que é, exemplos e como fazer11 min read

A análise Pestel é uma metodologia em ascensão, que ajuda as empresas a entenderem o ambiente externo que influencia suas operações, abrangendo diversos fatores que podem afetá-las tanto positiva quanto negativamente. 

Neste artigo, vamos explicar o que é análise Pestel e sua importância. Além disso, também vamos dar exemplos de aplicação e mostrar o passo a passo para que você realize a análise Pestel em sua empresa.

Continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é Análise Pestel?

A Análise Pestel é uma metodologia estratégica usada por muitas empresas para entender o ambiente externo em que operam

A sigla Pestel representa os seis principais fatores que essa análise deve examinar: 

  • Políticos;
  • Econômicos;
  • Sociais;
  • Tecnológicos;
  • Ambientais (environmental);
  • Legais. 

O propósito da análise Pestel é identificar as oportunidades e ameaças que esses fatores externos podem apresentar ao negócio e, a partir dessas informações, tomar decisões estratégicas para que a empresa alcance suas metas.

É importante esclarecer que a metodologia Pestel foca-se exclusivamente no mercado externo, distinguindo-se de outras ferramentas de análise estratégica que podem incluir fatores internos, como a análise SWOT. 

Compreendendo cada um dos seis elementos envolvidos na análise e relacionando-os tanto entre si quanto com os dados internos sobre a sua operação, é possível planejar estratégias que estejam alinhadas com as tendências e mudanças no mercado em que seu negócio se insere.

A seguir, abordaremos brevemente cada um dos seis fatores para que você consiga identificar o que é relevante ao adotar esta metodologia.

Fatores políticos

Os fatores políticos referem-se ao impacto das políticas governamentais e da estabilidade política do país ou estado em que a empresa está instalada sobre o andamento das operações do negócio. 

Isso inclui leis tributárias, regulamentações de comércio, tarifas, leis trabalhistas e a estabilidade geral do governo. 

Por exemplo, uma empresa que opera em múltiplos países precisa estar ciente dos diferentes projetos e programas de cada governo, pois mudanças políticas podem afetar diretamente suas operações e lucratividade.

Além disso, situações de crises políticas, proximidade de eleições, troca de poderes e, até mesmo guerras, têm um alto potencial de impacto sobre a operação empresarial.

Fatores econômicos

Os fatores econômicos englobam elementos como taxas de juros, taxas de câmbio, inflação, crescimento econômico e ciclos econômicos. 

Esses fatores influenciam diretamente o poder de compra dos consumidores e os custos de capital para a empresa. 

As taxas de câmbio, por exemplo, são especialmente relevantes para as empresas que trabalham com importação ou exportação. Sua flutuação pode revelar tanto oportunidades para ampliar o mercado de atuação da empresa quanto ameaças relacionadas ao aumento do custo das mercadorias.

A inflação é outro fator econômico primordial na análise Pestel, pois quando ela é alta, os custos operacionais também podem aumentar rapidamente, afetando a margem de lucro do negócio.

Fatores sociais

Os fatores sociais com frequência são considerados os mais relevantes dentro da análise Pestel, pois estão ligados ao perfil do público-alvo ou consumidor para quem a empresa deseja vender suas soluções.

Esses fatores incluem aspectos demográficos, tendências culturais, atitudes sociais e estilo de vida. 

Eles impactam a demanda por produtos e serviços e a maneira como uma empresa deve se posicionar e comunicar seu valor ao mercado. 

Por exemplo, mudanças demográficas como o envelhecimento da população podem influenciar a demanda por certos produtos e serviços.

Por outro lado, tendências comportamentais, como o aumento da adesão ao veganismo, também representam a priorização de determinados produtos.

Fatores tecnológicos

Os fatores tecnológicos referem-se ao ritmo das inovações tecnológicas, pesquisa e desenvolvimento, automação e avanços tecnológicos específicos da indústria. 

Empresas que investem em tecnologia podem obter uma vantagem competitiva significativa. Por exemplo, a adoção de tecnologias de inteligência artificial e machine learning pode melhorar a eficiência operacional e a experiência do cliente.

Também é importante saber que tipo de tecnologia é utilizada pelos concorrentes diretos da sua empresa e quais são as novidades implementáveis capazes de aprimorar os seus processos internos.

Esses aspectos precisam ser observados com uma frequência constante para manter sua análise Pestel sempre relevante, já que os avanços tecnológicos são rápidos e contínuos e atendem a demandas emergentes em várias áreas.

Fatores ambientais

Os fatores ambientais consideram aspectos ecológicos e ambientais, como mudanças climáticas, políticas ambientais, sustentabilidade e regulamentações. 

A crescente preocupação com a sustentabilidade pode levar a mudanças significativas na forma como as empresas operam. 

Você pode precisar, por exemplo, investir em tecnologias verdes para reduzir sua pegada de carbono e cumprir as regulamentações ambientais vigentes no setor em que seu negócio opera.

Mas independentemente das regulamentações, é importante contar com uma estratégia ambientalmente responsável, de acordo com as necessidades da comunidade em que sua empresa está instalada, por isso é fundamental incluir esse tipo de pesquisa dentro da análise Pestel.

Mais do que a necessidade de se posicionar de acordo com as preocupações do seu público consumidor, a questão ambiental tem a ver com a própria sustentabilidade do negócio a longo prazo

Fatores legais

Os fatores legais também são muito relevantes dentro da análise Pestel e abrangem as leis que afetam o ambiente de negócios, incluindo leis de proteção ao consumidor, leis de concorrência, leis de saúde e segurança e regulamentações de publicidade. 

A conformidade legal é crucial para evitar multas, litígios e danos à reputação da empresa e garantir uma imagem confiável. 

Fique atento, por exemplo, às leis de proteção ao consumidor, que podem exigir que as empresas forneçam informações transparentes e específicas sobre seus produtos.

Procure saber também se há alguma lei em vigor que limite as possibilidades de expansão do seu negócio ou alguma proibição de utilização de determinado produto ou insumo.

Análise Pestel: exemplos

Nada melhor para visualizar a eficácia de uma metodologia do que os exemplos. E no caso da análise Pestel, um dos exemplos de maior proeminência é o da Amazon.

A gigante norte-americana, hoje considerada uma das empresas mais bem-sucedidas em todo o mundo, atua em diversos países, com realidades muito diferentes no que diz respeito aos seis fatores relevantes para a análise Pestel.

Essa operação gigantesca, ao mesmo tempo em que torna a empresa cada vez maior e mais sólida, também é um grande desafio, já que é preciso manter uma atualização constante em relação, por exemplo, aos costumes, políticas e leis de cada local. 

Vejamos alguns aspectos externos que afetam diretamente as operações da Amazon:

  • Fatores políticos: estabilidade política dos países em que a empresa opera, apoio do governo ao e-commerce e esforços relacionados à cibersegurança, tarifas estabelecidas para a importação e exportação e outras regulamentações sobre a venda de produtos;
  • Fatores econômicos: estabilidade dos mercados em que a empresa opera, renda per capita em cada um desses países, variações nas taxas de câmbio e presença chinesa como concorrente no comércio digital;
  • Fatores sociais: poder aquisitivo da população, índices de variação do hábito de compras online, disparidade de distribuição de renda em determinados países, aspectos culturais que influenciam a decisão de compra;
  • Fatores tecnológicos: velocidade do desenvolvimento das tecnologias de inteligência artificial e segurança cibernética, perspectivas de obsolescência de artigos ligados à tecnologia, aumento da eficiência em TI, avanço do cibercrime e aumento da necessidade de proteger os dados dos clientes;
  • Fatores ambientais: impacto ambiental das embalagens, priorização do uso de materiais recicláveis, necessidade de redução da emissão de carbono, gestão eficiente de resíduos, planos para lidar com desastres naturais, manutenção da conformidade com as normas ambientais locais e obtenção de certificações ambientais;
  • Fatores legais: regulamentações vigentes referentes ao comércio eletrônico, leis de proteção ao consumidor, regulamentações ligadas à publicidade e ao marketing, leis ligadas à privacidade de dados, legislação trabalhista e tributária.

Qual é a importância da análise Pestel para os negócios?

A análise Pestel é uma ferramenta estratégica capaz de ajudar as empresas a entenderem a fundo o ambiente externo em que operam e fazerem as adaptações necessárias para atender com eficácia o mercado em que atuam. 

Nesse sentido, um dos benefícios mais evidentes da implementação desta metodologia é a tomada de decisões mais informadas e estratégicas, já que a compreensão de todos os fatores envolvidos na análise permite que os gestores antecipem riscos e identifiquem oportunidades, facilitando a elaboração de estratégias eficazes e seguras.

A análise Pestel também favorece o planejamento estratégico ao evidenciar mudanças e tendências do mercado e permitir que a empresa alinhe suas operações ao cenário em que se insere, além de possibilitar a antecipação de tendências emergentes que podem culminar no desenvolvimento de novos produtos ou serviços.

Outro benefício da análise Pestel é a compreensão das forças e fraquezas da concorrência, a partir de informações relevantes que podem ser usadas para manter a empresa competitiva. 

Tudo isso favorece a experiência do cliente, a partir do ajuste das ofertas e serviços para melhor atender às expectativas do público consumidor, resultando na fidelização e, eventualmente, no crescimento dos negócios.

A análise contínua dos fatores Pestel também ajuda a empresa a se adaptar rapidamente a mudanças inesperadas no ambiente externo, incluindo crises políticas, flutuações econômicas e avanços tecnológicos, garantindo que o negócio permaneça resiliente e ágil.

Por fim, cabe lembrar que a análise Pestel também oferece uma visão abrangente do ambiente em que a empresa opera, possibilitando a compreensão da interconexão entre diferentes fatores externos e como eles influenciam os negócios. Assim, é possível criar uma abordagem mais integrada e estratégica para o crescimento sustentável da operação.

Como fazer a Análise Pestel?

Agora que você já compreende o conceito e os benefícios da análise Pestel, é hora de colocá-la em prática. 

Vamos abordar algumas etapas fundamentais da análise, mas antes disso é importante ressaltar a necessidade de contar com a tecnologia para viabilizar uma análise que envolve tantos dados e variáveis.

Recorra a uma ferramenta robusta que facilite a coleta, análise e visualização dos dados. Softwares como a plataforma Desk Manager podem facilitar a identificação de padrões e a correlação entre fatores externos e aspectos internos do seu negócio.

Com isso em mente, vamos às etapas fundamentais da análise Pestel:

  • Coleta de informações: o primeiro passo da análise é reunir informações relevantes sobre cada um dos seis fatores. Isso pode ser feito por meio de pesquisas de mercado, relatórios de tendências, dados governamentais, estudos acadêmicos e outras fontes confiáveis;
  • Identificação dos fatores-chave: com os dados em mãos, selecione aqueles mais relevantes dentro de cada categoria. Por exemplo, mudanças nas políticas governamentais, flutuações econômicas recentes, tendências sociais emergentes, avanços tecnológicos e novas legislações que podem afetar o setor específico da sua empresa;
  • Avaliação dos impactos e da relevância dos fatores priorizados: determine a probabilidade de ocorrência de cada fator e o grau de impacto que ele pode ter nas suas operações, finanças e estratégias;
  • Compreenda as interconexões: é essencial entender como os diferentes fatores Pestel estão interconectados e como eles podem influenciar uns aos outros. Por exemplo, uma mudança política pode ter implicações econômicas, sociais e legais;
  • Identificação de oportunidades e ameaças: com base na avaliação dos impactos e das interconexões entre os diferentes fatores, identifique as principais oportunidades e ameaças, fazendo uma lista em ordem de importância para priorizar as áreas de foco; 
  • Criação de um relatório: compilar os resultados da análise Pestel em um relatório claro e conciso é crucial. Esse relatório deve destacar os fatores-chave, suas interconexões, as oportunidades e ameaças identificadas, e as recomendações estratégicas baseadas na análise;
  • Definições estratégicas: a etapa final é definir a estratégia da empresa com base nos insights obtidos na análise Pestel. Isso pode envolver ajustes no planejamento estratégico, alocação de recursos, desenvolvimento de novos produtos ou serviços, e outras ações que ajudem a empresa a se adaptar e prosperar no ambiente em que se insere.

Como mencionamos, o suporte tecnológico adequado é crucial para que a análise Pestel seja bem-sucedida. Se você precisa de ajuda nesse quesito, entre em contato com a Desk Manager e conheça a mais eficiente plataforma ESM do mercado.

Compartilhe

Posts relacionados

Um Sistema Help Desk é útil para eliminar processos manuais em relação..
Se sua empresa está precisando de um sistema de help desk, não..
Mais lidos
A dinâmica quebra-gelo é uma atividade planejada para reduzir as inibições e estimular as interações..
Você tem dúvidas sobre a elaboração de mensagens para clientes inativos? Acesse nosso blog e..
Você sabe o que é Help Desk? Ele veio para revolucionar o atendimento e começou..
Você sabe o que é um kickoff? Descubra agora e entenda como essa etapa no..

Receba nossa newsletter

Tenha acesso a conteúdos de valor sobre atendimento, sucesso do cliente, tecnologia e muito mais.

Você está pronto para uma jornada de sucesso?

Peça uma demonstração gratuita e conheça a Desk Manager, uma plataforma que proporciona uma experiência completa com sistema help desk e service desk.