Single Sign-on (SSO): por que adotar este sistema em seu negócio?

Se você já usou a funcionalidade “acessar com uma conta Google” ou “acessar com o Facebook” para logar em um site, você experimentou o single sign-on (SSO) na prática. 

Basicamente, essa é uma forma de entrar em um sistema sem precisar criar uma nova conta do zero, preenchendo cada informação novamente.

Assim, você utiliza um login já criado, apenas o autenticando em um novo site ou aplicativo, e consegue acessá-lo normalmente.

Agora certamente você já está se lembrando de ter usado esse sistema alguma vez, não é? O que talvez você não saiba é que é possível utilizar o single sign-on para os acessos corporativos da sua empresa também.

Abaixo, veja mais sobre como funciona esse sistema de chave única, qual sua utilidade para o seu negócio e como usá-lo com segurança.

O que significa SSO?

SSO é a sigla para single sign-on que, em tradução livre, significa login único

Em outras palavras, SSO funciona como uma autenticação de usuário que pode ser usado em diversos sistemas, sem que seja necessário criar diversas contas com novas senhas

Para uso pessoal, o single sign-on já é muito útil, agora, imagine no meio corporativo? Em que há diversos sistemas importantes que precisam ser acessados diariamente, que guardam informações valiosas e, normalmente, pedem senhas únicas e complexas.

Gravar cada uma delas pode ser muito difícil, não é? Por isso, o SSO também é muito interessante para quem tem um negócio. 

Como o single sign-on funciona?

Agora que você sabe o que é single sign-on, vamos entender como esse sistema de autenticação de usuários funciona na prática. 

Como vimos, o SSO é uma solução que permite que você acesse diversos aplicativos e sistemas com uma única senha. 

Assim, o single sign-on funciona da seguinte forma: ao fazer o primeiro acesso, você precisa colocar suas informações de login. 

Depois, no entanto, para acessar outros sistemas, já não é mais necessário fazer login manualmente, pois ele já é acessível com a mesma senha. 

Assim, toda vez que você precisar entrar em outro site, sistema, aplicativo, etc. você pode usar a autenticação de usuário de outra plataforma que você já faça parte, seja uma rede social, um e-mail ou outro programa, no caso dos acessos corporativos. 

Além disso, outro ponto importante do SSO é a possibilidade de limitar o acesso a dados de diferentes usuários. 

Ou seja, por mais que exista uma senha única para acessar diferentes aplicativos, você pode incluir uma autenticação para acessar certas abas ou informações.

Quais as vantagens de utilizar esse sistema? 

Você já deve ter percebido que o SSO é muito interessante para otimizar o dia a dia da sua empresa, certo? Mas, além disso, quais ganhos o sistema de chave única pode trazer? Veja alguns a seguir. 

Para começar, tem algo melhor do que não precisar memorizar diversas informações de login diferentes

Com o SSO, nem mesmo é necessário anotá-las, afinal, a ideia do sistema é acessar qualquer software com uma única chave.

Ferramenta de Help Desk e Atendimento integrado com WhatsApp

Isso, claro, traz a vantagem de tornar o fluxo de trabalho mais rápido, pois não é necessário que cada colaborador tenha uma senha para acessar os aplicativos e sites. Isso evita, inclusive, ter que redefinir senhas a todo momento.

Outro benefício que não podemos esquecer é a segurança. Afinal, não é necessário ficar preenchendo as informações diversas vezes ao dia. 

Ao usar a autenticação, você evita ter que inserir senhas repetidamente, o que diminui o risco de ter os acessos invadidos. 

Como usar o SSO com segurança? 

Agora que você já sabe tudo sobre single sign-on, deve estar se perguntando se esse sistema de chave única é realmente seguro. 

A resposta é sim, o SSO é seguro! E existem algumas práticas que podem potencializar essa segurança ainda mais.

Uma delas é delimitar um tempo de sessão ativa, configurando os aplicativos e plataformas utilizadas para solicitar o login novamente após determinado tempo.

Isso evita, por exemplo, que informações privadas e importantes da sua empresa sejam acessadas por outra pessoa simplesmente porque o sistema ficou logado no dispositivo. 

Além disso, também é importante criar o hábito de trocar a senha periodicamente para evitar que ela seja descoberta ou hackeada. 

Isso sem se esquecer de criar senhas fortes a cada troca, evitando palavras simples ou de relação pessoal e utilizando caracteres especiais. 

Outra forma de garantir um sistema single sign-on mais seguro é configurar a autenticação de dois fatores, proporcionando mais segurança para sua empresa. 

Assim, além de fazer o login com o SSO, você ou seu colaborador precisará informar um código, de validade curta, que é enviado por algum outro meio, como um e-mail ou via SMS.

Conte com o Desk Manager para garantir a segurança de dados da sua empresa!

Como vimos, o single sign-on é uma forma não apenas de otimizar a rotina de trabalho, mas de aumentar a segurança nos acessos da sua empresa. 

Para isso, além do SSO, você também pode contar com a Desk Manager, que atua na privacidade e proteção das informações, evitando que dados confidenciais sejam expostos.

Já de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, nossa plataforma possui princípios de segurança de dados que ajudam a garantir a integridade de todos os dados e informações que são armazenadas em nosso sistema

No vídeo abaixo, você pode ver como o software pode contribuir para que sua empresa esteja enquadrada na legislação em vigor:

Interessante, não é? Então, se você quer saber mais sobre isso, não deixe de conferir nosso artigo “Segurança de dados: conte com a Desk Manager nessa missão“ e entenda como nós atuamos na segurança das informações da sua empresa e seus clientes. 

Por Rafael Fialho Teixeira em 04/03/2022